O Progresso Clube é o seu clube há mais de 75 anos!

O Progresso Clube é uma associação fundada em 24/6/1942, com estatuto de Utilidade Pública. Sedeado em Algueirão Mem Martins, Sintra, o Progresso Clube conta com mais de 20 modalidades desportivas e culturais.



A História do Progresso Clube inicia-se a 24 de Junho de 1942, por iniciativa dos seus fundadores: António Maria Tavares, Augusto Cintra, António Martinho Gomes, Arnaldo Certã, João Antello, João Gillard da Cunha, Alfredo Pimenta Araújo, Mário Antunes, José Pedro Collaço, Alfredo Vidal, Francisco Sá Dias, Francisco Leitão, Augusto Mesquita dos Santos, Artur Serpa, Jaime Alcobia que se destacaram entre outros possíveis.

Pretenderam com o Progresso Clube a construção de uma coletividade de Cultura e Recreio, que inicialmente era constituído essencialmente pelos elementos das famílias dos seus fundadores, tendo sido gradualmente alargado a outros elementos que tinham em comum o gosto pelas atividades culturais e recreativas, em especial, declamação, jogos de salão e bailes.

Muito se deveu à D. Maria Aurelina Brandão, pela organização dos espetáculos realizados no clube nas 3 primeiras décadas da sua existência, com especial destaque na evolução do teatro e da música.

Funcionou até 1992 nas instalações que ainda hoje existem no centro de Mem Martins.

A nível desportivo iniciaram-se aulas de Ginástica para crianças, encontros de pesca e passeios de bicicleta, sem intenção de competição.

Na década de 50 assistiu-se a uma evolução gradual do número de sócios do Progresso Clube, que apesar de penalizada pelo surgimento das emissões regulares de Televisão que levava a uma queda das atividades recreativas, foi compensada pelo surgimento de novos habitantes na aldeia que se filiaram no Clube. Estas pessoas mostraram grande dinamismo e espírito empreendedor na criação de novas atividades, como foi o caso do Teatro e da Pesca Desportiva.

Nas décadas de 1960 e 1970 chegaram novos sócios ao clube e novas ideias surgiram. Criou-se a secção de ténis de mesa, cujos elementos foram vitoriosos em campeonatos concelhios e distritais. O Progresso Clube foi ainda premiado em concursos de pesca. O seu grupo de Teatro participou em concursos distritais e nacionais para amadores.

Foram ainda nesta fase lançadas as bases para a conquista de um sonho do Progresso Clube, a construção de uma nova Sede e de um pavilhão para a prática desportiva. Tendo tido conhecimento desta pretensão, o Sr. Artur Lopes Miranda generosamente doou terrenos para que o Clube pudesse concretizar os seus sonhos.

No entanto o processo que levou à construção da nova sede foi complexo, tendo ganho forma na década de 1980 e só em 1992 é que foi possível inaugurar as novas instalações.

Com a chegada do 25 de Abril de 1974 a área cultural resumiu-se à dança e iniciaram-se um conjunto significativo de atividades desportivas, em particular na formação dos jovens. A Pesca Desportiva na sua senda de sucessos reunia 3 a 4 centenas de participantes nos seus concursos que atingia mesmo uma abrangência nacional.

Em 18 de Abril de 1985 o Progresso Clube conquistou o estatuto de Utilidade Pública.

Em 1992 são inauguradas as novas instalações, que foram sendo adaptadas até aos dias de hoje. O crescimento do Progresso Clube foi muito significativo na década de 90, fruto do aumento populacional significativo e da criação de novas atividades desportivas, com especial destaque na área das ginásticas tradicionais, artes marciais e natação na Piscina Municipal de Ouressa.

O crescimento de praticantes foi tão significativo que implicou uma reorganização administrativa com um programa de informatização.

No início do novo milénio, o término da natação no Progresso Clube, levou a que este optasse pela formação de atletas, não deixando de promover atividades de competição, como por exemplo o Muay Thai, em que os atletas do Clube têm tido Grande Destaque a nível Mundial, tendo havido 2 campeões da Europa e 3 campeões do Mundo. O próprio Progresso Clube recebeu vários títulos por equipa a nível de campeonatos nacionais, regionais e taça de Portugal e tem vindo a formar vários campeões nacionais (masculinos e femininos) ao longo dos anos.

Hoje em dia, o Progresso Clube mantendo sempre as suas portas abertas à comunidade, tem procurado aproximar-se dos seus sócios promovendo o seu bem-estar, criando mais e melhores condições, e uma disponibilização adequada à comunidade de um conjunto de serviços, atividades desportivas, recreativas e culturais.

A crise financeira que se vive desde 2007 tem condicionado a atividade do Progresso Clube, levando a uma descida do número de praticantes tendo em conta a quebra brutal do poder de compra em Portugal. No entanto, uma gestão prudente e a fidelização dos nossos atletas, a que muito se deve a qualidade e o espírito que aqui se vive, permite que o Clube se mantenha como uma referência Nacional em diversas modalidades, principalmente nas Artes Marciais, onde se encontram os melhores Instrutores e Mestres, e na Dança com professores reconhecidos em toda a Europa.

De realçar que a história, já longa, do Progresso Clube, dependeu sempre do espírito voluntarista e altruísta dos seus sócios que ao longo dos tempos souberam impulsionar e adaptar o Progresso Clube à realidade vigente.

O Progresso Clube agradece a todos que os que fazem ou fizeram parte da sua história e que por sua ação direta ou indireta construíram um Grande Clube que procura estar sempre ao lado dos seus sócios.

Bem Hajam!

A Direção